• Andressa Farias

Mulheres no comando!

Conheça algumas animações que foram dirigidas por mulheres


Foto: Reprodução


Assim como em alguns setores, a área de direção de animação ainda não conta com uma grande quantidade de mulheres no ramo. O número na área ainda é bem baixo na verdade, nos últimos 12 anos, apenas 3% das animações lançadas foram dirigidas por mulheres. E é justamente pela porcentagem ainda estar bem distante da realidade que queremos, que estou aqui fazendo esta matéria, para mostrar algumas dessas mulheres que têm nos representado tão bem.


Vou dar três dos principais exemplos:


- Shrek (2001)


Foto: Divulgação


Um filme que é conhecidíssimo no mundo todo, que conta a história de um ogro, foi dirigido por ninguém mesmo que uma mulher. Vicky Jenson dirigiu o primeiro filme da quadrilogia e dirigiu várias outras animações e live actions também. Outro grande sucesso da Dreamworks, estúdio que produziu “Shrek”, “O espanta tubarões” (2004), foi dirigido por ela também.


- Valente (2012)


Foto: Divulgação


O filme da Pixar, que conta a história de uma princesa que quer fugir de um casamento arranjado e devido às circunstâncias acaba se tornando uma guerreira, foi co-dirigido por Brenda Chapman, que também escreveu o roteiro. Brenda tornou-se a primeira mulher a dirigir um longa de animação de um estúdio grande. Ela foi diretora de “O príncipe do Egito” (1998) da Dreamworks. E também foi a primeira mulher a ganhar o Oscar de melhor animação, justamente com o filme citado neste exemplo “Valente”.


- Frozen (2014)


Foto: Divulgação


A história que encantou tanta gente pelo mundo, não só crianças, mas também muitos adultos, foi escrita e co-dirigida por Jennifer Lee. Jennifer foi a primeira diretora da Disney e a primeira diretora de um longa que faturou mais de 1 bilhão de dólares em bilheteria. “Frozen” rendeu a ela o Oscar de melhor animação. Além disso, ela foi co-autora de “Detona Ralph” (2012), que chegou a ser indicado ao Oscar de melhor animação também.


O caminho ainda é longo, mas depois desses exemplos, deu para perceber que essas mulheres não estão para brincadeira, né? Vamos continuar torcendo e incentivando para que surjam muito mais diretoras, roteiristas e produtoras que assumam de vez sua posição no mercado audiovisual e nos brindem com mais animações incríveis como essas que foram citadas.


Feliz nosso dia!

Contato
Sobre
 

Comandado por um designer (Rodrigo Batista) e um jornalista (Benones Lessa), que têm em comum a paixão pela sétima arte, o Filmes de Quinta é um podcast semanal que trata das estreias cinematográficas nos cinemas brasileiros.

© 2020 por Filmes de quinta